A(s) última(s) oportunidade(s)

O futuro da Grécia e, por conseguinte, da própria União Europeia, volta hoje a estar em jogo. Reunidos em sessão extraordinária, os ministros das finanças da zona Euro encontram-se em Bruxelas, para analisar as propostas de compromisso apresentadas pelo governo grego na 25ª hora. Ainda hoje, os líderes europeus reunirão também em Bruxelas, tendo a Grécia como ponto principal, se não mesmo único, de discussão. Se no final do dia de ontem e na manhã de hoje havia sinais de algum optimismo, com a bolsa de Atenas em clara subida e os juros da dívida, na Grécia e em outros países, como Portugal, a descer, os sinais que foram sendo dados ao longo do dia e curta duração da reunião dos ministros das finanças da zona Euro voltaram a fazer descer as expectativas quanto à obtenção um acordo hoje, ou até nos próximos dias. Estas podem ser as últimas reuniões que vemos de uma zona Euro a 19 e, por arrasto, o final da União Europeia a 28, uma vez que a probabilidade de a Grécia permanecer na UE, saindo do Euro é extremamente reduzida.

Ainda há tempo para salvar a Grécia e o projecto europeu, mas a água na clepsidra não pára de correr. Sendo verdade que houve exageros tanto por parte do governo grego como por parte dos credores e de vários governantes europeus, parece ser cada vez mais claro que, chegados a este ponto, a falta de vontade em chegar a um compromisso, está sobretudo do lado dos credores e de alguns dirigentes europeus, com os portugueses à cabeça. O que neste momento parece separar o governo grego dos seus credores são cerca de 910 milhões de eurosum quarto do valor que o Estado português desembolsou pelo BPN. As razões para o desentendimento serão pois mais profundas. O primeiro-ministro português foi lesto a comentar a situação e o risco de a Grécia ser forçada a deixar a zona Euro: receia sobretudo um contágio político e não financeiro. Não deixa de ser irónico o facto de esta declaração de Pedro Passos Coelho ter sido feita no final da XXVIII Cimeira Luso-Espanhola, onde se reuniu com Mariano Rajoy que, como ele, tem o lugar ameaçado por eleições antes do final do ano. Um sucesso negocial por parte do governo grego seria a prova que existe uma alternativa ao caminho da austeridade e uma derrota do modelo seguidista e do bom-aluno que Portugal tão bem tem tentado aplicar.

A opinião dos cidadãos gregos é de claro apoio ao seu governo. Numa nova sondagem publicada a 20 de Junho, o Syriza recolhia 47,5% das intenções, longe dos 19,5% do Nova Democracia. O seu europeísmo, apesar de todas as afrontas, parece também estar intacto, com a grande maioria dos gregos a desejar continuar na União Europeia, bem como na zona Euro. Ajudar a Grécia neste momento torna-se portanto numa obrigação ética para todos aqueles que acreditam na solidariedade internacional, bem como no futuro do projecto europeu. Se não é justo fazer da Grécia o novo Atlas, obrigado a carregar o projecto Europeu aos ombros a todo o custo, menos justo será fazer do país um novo Sísifo, condenado à penitência e à humilhação constante. Não esqueçamos que quando Pandora abriu a sua caixa, a Esperança foi a única coisa a nela permanecer.

Anúncios

One thought on “A(s) última(s) oportunidade(s)

  1. A votação dos gregos deve ser respeitada pelo seu governo.Não serve de desculpa para que os outros suportem monetariamente as opções dos gregos -que como é evidente tem que ser com o dinheiro próprio.
    Com a NATO em exercicio a dois km da fronteira russa falar da posição estrategica grega parece-me uma narrativa menor. O que interessa aos americanos é que a UE se mantenha em banho maria e algumas complicações como os refugiados, as escaramuças norte-sul , perigo de guerra na Ucrania são musica para os ouvidos dos USA. Já Delors avisava o perigo que a UE corre da concorrencia demasiado eficiente da industria europeia com os EUA. Quem tem as armas são eles e como se tem visto não se ensaiam nada para invadir o que lhes aprouver, nem que tenham que fabricar argumentos;quem tem os “bons” media globais são eles.

    Gostar

Faça um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s